Integração logística: como aumentar a competitividade da empresa?

integração logística
6 minutos para ler

É bastante provável que você já tenha ouvido falar em integração logística, certo? No entanto, o que define esse conceito, quais os impactos nas empresas e quais os processos que engloba em uma cadeia de suprimentos?

Com tantos avanços tecnológicos, metodologias modernas e um mundo cada vez mais sem fronteiras, o transporte de produtos e insumos deixou de ser meramente operacional e se tornou um fator estratégico e, principalmente, um diferencial diante da concorrência.

Se você quer entender melhor sobre essa definição de integração logística e ainda busca saber como ela pode tornar a sua empresa mais competitiva no mercado, acompanhe este texto até o fim e não deixe de tomar nota das informações que trouxemos. Boa leitura!

Qual o melhor conceito para integração logística?

Nem sempre uma empresa pode – ou tem capacidade operacional para – operar todo o seu supply chain por conta própria e ainda conseguir a eficiência desejada. Com isso, surge o papel do operador logístico, que nada mais é que um parceiro especializado o qual presta serviços de administração e fornece mão de obra, tecnologia e equipamentos para gerir toda a parte operacional logística que o cliente precisa para movimentar suas mercadorias.

Em geral, esses serviços costumam englobar o transporte, a armazenagem, o acompanhamento da carga, o agenciamento alfandegário, entre muitos outros, o que, muitas vezes, se confunde com as atribuições do grupo 4PL.

No entanto, muitos clientes contam com processos extremamente extensos e complexos, o que, em geral, dificulta o trabalho desses operadores, que acabam não conseguindo dar conta sozinhos de tamanha responsabilidade.

Diante disso, cabe ao cliente recorrer a outros operadores e dividir as necessidades. É justamente aqui que se torna fundamental a atuação do papel do integrador logístico, um outro parceiro que tem foco total em gestão e entra com serviços de consultoria e administração dessa rede de prestadores de serviços do cliente. Esse processo é o que podemos definir como integração logística.

Qual a importância de investir na integração logística?

Após a definição de integração logística, podemos definir o integrador como uma interface entre diferentes operadores e um cliente. Ou seja, basicamente, é a contratação de especialistas em gestão para administrar todas as operações logísticas das empresas.

Mas, na prática, qual a importância e a vantagem disso? Confira alguns dos benefícios que uma logística integrada pode gerar ao seu empreendimento a seguir.

Planejamento estratégico

Já se foi o tempo de considerar a logística como algo apenas operacional, que se preocupa só com prazos de entregas e a integridade da mercadoria. Hoje, ela é estratégica, um diferencial de mercado que promove experiências ao cliente e gera mais negócios.

Por isso, a integração logística surge como uma solução mais inteligente e tecnológica que envolve estudos, análises e ações integradas para levar o cliente a um outro patamar em suas operações. Além disso, promove a redução de custos, e até mesmo dispensa a gestão de veículos e armazéns, que são ativos tradicionais.

Gestão centralizada

Enquanto o operador logístico foca sua atividade no operacional, como armazenagem e distribuição, por exemplo, o integrador se coloca em uma posição acima e tem uma visão mais ampla dessa cadeia. Ou seja, a integração logística acaba sendo responsável também pela gestão geral de todas as etapas intrínsecas ao negócio, como compras e vendas, processo produtivo, atendimento ao cliente, pós-venda e muitos outros aspectos.

A ideia é que tudo se integre em um único sistema de gestão e que possibilite à empresa enxergar com clareza as operações e tomar suas decisões onde e quando for necessário.

Eficiência

O integrador logístico visa a estratégias diversas para tornar o trabalho dos operadores o mais eficiente possível. Por exemplo, vamos supor que um cliente importe o mesmo produto de um único fornecedor, com um valor de frete definido pelo exportador.

Ao contratar o serviço de transporte internacional, essa empresa deve arcar com um frete para cada pedido solicitado, o que pode gerar custos elevados, enquanto poderia aproveitar melhor a capacidade de envio.

O papel do integrador logístico é justamente avaliar esses gargalos e apresentar ao cliente uma solução. No caso do exemplo, pode-se estudar a frequência de embarques e criar meios em que o pedido possa ser enviado em escalas maiores, de acordo com a necessidade. Isso garante uma redução de custos em transporte, armazenagem e até fiscais.

Como a integração logística pode aumentar a competitividade de uma empresa?

Como foi mencionado, a integração logística não é apenas uma centralização da gestão logística da empresa, mas também uma captadora de métodos e tecnologias que inovam a cada dia e possibilitam a otimização de processos e o aumento do desempenho das operações.

Com uma infinidade de atividades e fluxos de informação que necessitam ser controlados entre os mais variados setores da empresa, o integrador surge com um papel fundamental de conseguir centralizar tudo de forma automatizada.

Afinal, a empresa que ainda insiste em processos manuais e que não enxerga a logística como parte estratégica do negócio pode estar fadada a atrasos, gargalos e até a prejuízos financeiros. Por isso, a integração logística deve ser vista como um fator essencial para aumentar a competitividade no mercado, já que se trata de uma atuação gerencial, com metas, objetivos e tomadas de decisão.

Em resumo, reforçamos a ideia de que os processos logísticos já deixaram de ser considerados somente como algo operacional. Na atualidade, as empresas não podem se limitar a receber ou entregar suas mercadorias dentro do prazo: é preciso oferecer experiências nessas entregas, gerar economias, facilitar a parte burocrática e, principalmente, se tornar uma referência no setor de atuação.

Tudo isso se torna muito mais simples quando há uma gestão centralizada, a qual oferece uma visão ampla do que se deve ser feito. Tudo isso define o conceito e atuação de uma integração logística eficiente.

Gostou do nosso post? Quer colocar essas ideias em prática e trazer mais competitividade ao seu negócio de verdade? Então entre em contato com a gente agora mesmo e converse com um de nossos especialistas para conhecer melhor nossas soluções e tecnologias que vão gerar benefícios ao seu setor logístico.

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-